quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Agora é mais fácil...fazer marmelada


Hoje deu-me para experimentar fazer marmelada na bimby.
Lembro-me como se fosse ontem, quando era miúda e entrava na casa da minha avó quando ela tinha acabado de fazer marmelada, o cheiro percorria todas as divisões, e deixava-me cheia de água da boca.
Hoje decidi fazer e recordar aquele cheirinho tão bom.

Com a bimby realmente é bem mais fácil, 35minutos e está pronto!

Ingredientes:
800gr de marmelo;
700gr de açúcar;
1limão;
1 colher de sobremesa de canela;

Preparação:

1- Coloque no copo os marmelos com casca, mas sem caroço, partido em pedaços, o açúcar, a canela e o limão descascado e sem caroços. Tritura-se 30seg/vel.9

2- Com a ajuda da espátula, baixa-se o que ficou nas paredes do copo e programa-se 35min/100º/vel.3


3- Coloca-se em tacinhas, e deixa-se arrefecer!





Bom apetite,

Mamã da Nônô

Dá trabalho estar de folga.

Bom dia!
Acho que deve haver várias pessoas a identificarem-se com o título do meu post.
Hoje e amanhã estou de folga, mas normalmente o primeiro dia de folga é devastador, para conseguir descontrair no segundo.
Hoje comecei a minha manhã por despachar a Leonor, ir á oficina buscar o carro que estava a arranjar, levar a Leonor ao infantário, ir ao supermercado fazer compras.
As proximas tarefas são :
- limpar a casa;
- preparar o jantar de hoje;
- lavar roupa;
- arrumar a roupa que já está seca;
- trocar lençóis dos dois quartos;
- ir a uma reunião no infantário;
Coisa pouca nao é?
Ás vezes cansa estar de folga!

Quem mais sofre do mesmo mal?




Um beijinho
Mamã da Nono

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Halloween - Mãos á obra

O Halloween está aí quase á porta, como tal foi-me pedido para fazer uma abóbora para levar para o infantário da Leonor, para celebrarem este dia.
Fui matar a curiosidade do porquê das abóboras no Halloween, deixo aqui um resuminho para vocês :

"Na Irlanda, acendiam velas dentro de nabos para afastar os maus espíritos numa festa que era celebrada no fim do verão. Este costume foi levado pelos imigrantes para os Estados Unidos e incorporado ao All Hallows Even (véspera do dia de Todos os Santos), dando origem ao Halloween. Quando os Irlandeses chegaram á América, perceberam que as abóboras eram bem mais abundantes que os nabos, daí começarem a acender velas dentro das abóboras ao invés de acenderem dentro de nabos, para afastarem os maus espíritos.

Como vou ter de usar uma abóbora pensei em diversas maneiras para não a desperdiçar, então vou fazer um doce de abóbora e nozes, e um creme de abóbora para a Leonor.
Partilho connvosco algumas ideias de abóboras para fazerem com os vossos pequeninos.








Um beijinho,
Mamã da Nonô 

domingo, 15 de outubro de 2017

1460 dias!

Hoje, eu e o Artur celebramos mais um aniversário de namoro.
Eu sou super dada a datas, e esta é uma das mais importantes da minha vida, a bem dizer, marca o dia em que o Homem que tenho a meu lado entrou na minha vida, e sem ele era impossivel ter a Leonor nos meus braços, por isso tenciono comemora-la por muitos, longos e eternos anos.
Que estes tenham sido os nossos primeiros 1460 dias de milhares e milhares deles.
Amo-te, obrigada por nos fazeres tão felizes!


Um beijinho,
Mamã da Nônô

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

A Yo faz anos

Acho que o título deste post deveria ser "a minha Yo faz anos", mas sei que a Lo ( filhota da Yolanda) não ia achar piada nenhuma. Por isso ficou assim 😊
E porquê minha Yo?
Porque é a minha maior confidente, a minha melhor amiga.
Porque vai ter um papel ainda mais importante na minha vida brevemente. (A seu tempo conto-vos as novidades)
Ano após ano, vai sendo difícil arranjar palavras diferentes para te felicitar amiga, mas como sempre desejo-te o melhor do Mundo, que os teus dias sejam repletos de amor, carinho, felicidade e saúde,  que eu continue a fazer parte da tua e das vossas vidas!
Que continues a ser a extraordinária mãe, mulher e amiga que alguém pode ter.
Tenho a certeza que escolhi a melhor pessoa, para desempenhar um papel mega importante na minha e nas nossas vidas.
"Se poderia viver sem ti? Poder, até podia! Mas tenho a certeza absoluta que não era de todo, a mesma coisa"
PARABÉNS! ADORO-TE ❤










Um beijinho enorme
Ivania
Mamã da Nonô 

6 dicas para gerir a casa

Nem sempre é fácil assumir e lidar com todas as responsabilidades de uma casa, mas com força de vontade tudo se consegue.
O importante é ser-se persistente e tentar resolver da melhor forma os problemas domésticos, para tal acontecer, nada melhor que umas dicas:

Não acumule o que não usa- Tudo o que não usa, vai ficando amontoado,  ocupando espaço e criando confusão. De tempos em tempos vá dando uma olhadela àquele cantinho da dispensa onde coloca as coisas que "agora não preciso disto" e acabam por ficar por lá uma eternidade.


Compre ferramentas- Não,  eu não enlouqueci, essa coisa de que as ferramentas são para os homens, já está fora de moda. Mesmo que more sozinha, compre ferramentas e experimente a fazer pequenas reparações quando necessário. Vai surpreender-se a si própria.

Organize as suas contas- Mantenha as contas em dia. Na sua agenda, num caderno ou num quadro de ardósia,  vá anotando as datas e valores das facturas, para não cairem em esquecimento. Eu adoro as ardosias.

                            



Não acumule roupa- É a maior asneira, acreditarmos que "amanhã" logo tratamos da roupa. Se hoje aborrece tratar de 7 ou 8 peças de roupa, amanhã vai aborrecer ainda mais tratar de 10.
Quanto mais acumula, mais vai acumulando, e o trabalho a cada dia que passa só será maior.



No supermercado- Primeiro que tudo, e super importante, NÃO VÁ AO SUPERMERCADO COM FOME, vai trazer tudo o que estiver nas prateleiras, porque lhe vai apetecer tudinho. Faça sempre uma lista, mesmo que ache que sabe de cor o que lhe faz falta, sem a lista, vai acabar por trazer ou coisas a mais ou a menos.


Limpeza- Todos os dias limpe uma divisão,  é trabalhoso sim, mas bem mais fácil do que limpar a casa toda num só dia.



No final do dia, tome um banho, e desfrute da sua casa, sozinha ou com a família, vai adorar!

Fica a dica,
Mamã da Nônô

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Preparar a chegada da chuva

Desta vez não quero ser apangada de surpresa.
Já há previsão de que a chuva vai chegar no decorrer da próxima semana, como tal, amanhã que estou de folga, vou preparar os guarda-fatos, começando a guardar alguma roupa de verão e pondo á mão a roupa de inverno
Vou seleccionar aquilo que sei que vou utilizar e separar do que não vou usar de certeza, ver o que me faz falta e começar a fazer algumas compras.
Já com a roupa da Leonor, vou ver o que ainda lhe serve, e fazer uma mega lista daquilo que faz mesmo falta, para ser uma prioridade em relação ao que eu não resisto em comprar.
Este ano a coleção está um máximo, pelos + pelos + pelos. 
Adoro!
Tudo super fofinho e quentinho.
Gosto tanto, mas tanto da roupinha de inverno, estou a desejar dar-lhe uso.
E por aí? 
Já têm o guarda-fato pronto?




Um beijinho,
Mamã da Nônô

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Chamada não atendida do infantário.

Agarrei no telefone, e vi uma chamada não atendida.
Era do infantário.
Ok, entrei em modo SOCORRO!

Quantas de vocês ficam logo com o coração a saltar pela boca e as mãos a tremer, só por terem uma chamada não atendida do infantário?
Pois é, não me perguntem porquê, mas as únicas coisas que me ocorrem quando me ligam do infantário, é que a Leonor caiu, partiu a cabeça um braço, a perna ou os dentes. 
Não consigo pensar em mais nada, talvez essas sejam as opções mais obvias para mim, por ter uma "macaquinha" em casa, que descobriu que é giro andar aos pulos por cima das coisas.

Retomando ao que vos estava a contar, quando agarrei no telefone e vi que tinha a chamada não atendida do infantário, estava a preparar-me para ligar de volta, quando o telefone ao mesmo tempo torna a tocar.
Penso para mim... "é grave, estão a ligar segunda vez".
Atendo e era a Educadora da Leonor.
Não, a Leonor não partiu a cabeça, nem ficou sem dentes.
A Leonor vomitou a seguir a lanchar, e há mais casos assim no infantário.
Bem, eu estava a trabalhar, liguei a meio Mundo para ver se alguém a podia ir buscar, mas estavam todos ocupados. 
Tive mesmo que ser eu a ir buscar a minha pequena. 
Não que preferisse que fosse outra pessoa a ir buscá-la, mas, tento ao máximo que os meus assuntos pessoais não interfiram no meu trabalho. 
Coisas minhas, não liguem!
Pelo caminho só pensava "o que será que ela tem", "o infectário está de volta", "deve ser uma virose!".
Estava em pânico, a última virose que ela trouxe para casa, conseguiu pôr-me a mim, ao pai e à avó de cama.
Quando cheguei ao infantário, lá estava ela a brincar, como se nada se tivesse passado. 
Bem disposta e cheia de energia. FELIZMENTE!
Trouxe-a  para casa, jantou, não quis comer muio, mas também não forcei, até agora aparenta estar bem.

Estou a torcer para que tenha sido uma situação pontual, qualquer coisinha que não lhe tenha caído bem no estômago.

Detesto receber chamadas (destas) do infantário!
E vocês?

Um beijinho

Mamã da Nônô

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Hoje a mamã faz anos!

Hoje acordei com 27 anos!
Pois é, se me sinto diferente?
Não, apenas nostálgica.
O tempo tem passado a voar, literalmente em excesso de velocidade, comecei a dar mais pelo excesso de velocidade desde que fui mãe.
Hoje acordei determinada a traçar novos objectivos para mim.
O que quero fazer aos 27?
Quero conhecer ruas que nunca conheci, conhecer pessoas novas, quero fazer coisas que nunca fiz, quero solidificar as amizades verdadeiras e dar um empurrão para que novas surjam.
Quero sentar-me numa esplanada, a beber um café quentinho e a fazer exercícios mentais, para relembrar rostos que já cruzaram na minha vida, para relembrar cheiros, gestos e palavras que me marcaram.
Em 27 anos já tive tantas mas tantas pessoas que entraram e saíram do meu caminho, já chorei muito por isso, mas hoje, talvez devido à maturidade que tenho vindo a adquirir, sorrio! Sorrio não pelos que me deixaram, mas pelos que sempre me deram a mão e continuam aqui a meu lado, por eles sim, vale a pena sorrir todos os dias.
Hoje sinto-me grata por tudo o que tenho.
Dou valor a coisas tão simples que antes nem ligava.
Agradeço ter a meu lado um HOMEM incansável, que teima em me fazer feliz dia após dia.
Agradeço ter uma filha linda, perfeitinha e saudável, que me enche o coração e me conforta a alma.
Agradeço ter uma família e amigos que nunca me abandonaram.
Agradeço as minhas conquistas pessoais por mais pequenas que tenham sido.
Não vos consigo explicar como nem o porquê, mas nos últimos meses aprendi a ser feliz comigo mesma e com o que tenho. E pela primeira vez desde que me lembro, estou extremamente feliz, completa e realizada.
Ganhei a percepção de que chegamos e vamos embora deste mundo sozinhos, ninguém é dono de ninguém, e querer controlar a vida é impossível!... 
O Mundo é tão mas tão vasto...
Os meus 27 anos acabaram de chegar e neste momento só quero desfrutar deles junto de quem amo.
Já vou pensando nos 30, é uma verdade, mas ainda me falta algum tempo, e preciso de viver esse tempo a seu tempo.
Preciso curar feridas abertas, contornar inseguranças e fazer aquilo que tem de ser feito.
Agora vou só ali ser feliz...
Hoje é só o primeiro dia dos meus 27!


Desde miúda até agora, alguns momentos marcantes da minha vida!

Um beijinho
Mamã da Nônô

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Amizades em dia

De tempos em tempos lá nos conseguimos juntar os 6.
Parece que vivemos em lados do Mundo opostos, mas, na verdade são apenas "meia dúzia" de km que nos separam.
São a família do coração que escolhi para mim. E o melhor de tudo é que fique sem estar com eles uma semana, um mês ou um ano, nada muda.
Quer dizer... nada não!
As miúdas mudaram. Das ultimas vezes que tiveram juntas a Lo punha a Leonor debaixo do braço, agora, apesar de continuar maior que a Leonor, já brincam tão bem juntinhas!
Conseguimos jantar (mais ou menos) tranquilos, enquanto as duas se entretiam entre brinquedos e brincadeiras.
Deitaram-se juntas na cama da Nônô, foram á casa de banho juntas, riram, correram, deram abracinhos.
Foi encantador vê-las juntas.
É tão bom ver a amizade delas crescer.
Desde que vieram cá a casa a Leonor está SEMPRE a perguntar pela Lo, eu e o Artur dizemos sempre que a Lo foi dormir.
Ontem fomos surpreendidos pela Leonor, já não perguntou pela Lo... levou  a tarde simplesmente a dizer "Lo acoda! Anda binca com Nônô"..."papá da Lo, onde tá Lo? Acoda"
...
Parece que ou temos de arranjar outra desculpa, ou temos mesmo que estar mais vezes juntos.











Um beijinho,

Mamã da Nônô

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Os peluches do IKEA

Já vos contei que cá por casa somos fãs dos peluches do IKEA?
Até agora temos aproveitado sempre as promoções e vamos sempre comprando a preços excelentes.

São super fofinhos e laváveis o que é muito importante para não acumularem pó visto terem o pelo grande.

A Nônô gosta de todos eles, e sempre que lá vamos lá jogo o olho (e a mão) a algum, mas esperamos sempre pelas promoções, porque valem mesmo a pena.

As últimas aquisições cá para casa foram o panda e o cão.
Opá são um máximo, não são?

O panda a 2.99€ e o cão a 4.99€!
Aproveitem, são super mimosos.




Um beijinho
Mamã da Nônô

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

A Nônô derreteu-se com o Santiago!

Ontem foi dia de jantar cá por casa.
Tivemos cá a Inês, o João e o Santiago.
Os primeiros minutos do jantar (ou talvez grande parte dele), foram atribulados, com os dois pequenos a disputarem os brinquedos.
Ora puxa carro, ora tira bola, encaixa pecinhas do puzzle, esconde pecinhas do puzzle, ora corre, ora esconde, foi uma verdadeira animação....
Mas, entre algumas repreensões e o pormos ordem na "barraca", lá conseguimos jantar.
Um patê de atum (que segundo a Inês era impossível de comer), outro de delícias (que deu para ela se lambuzar à farta...bem!... ela e todos nós), continuámos com camarões e um belo de um bacalhau com natas feito por mim claro, e terminámos o jantar em grande com um bolo brigadeiro feito pela Inês (ela comprou, mas pediu-me para eu dizer que foi feito por ela) estava mesmo bom Inês, tens de me dar a receita =) .
Quando terminámos de jantar, lá demos mais atenção aos dois, e foi quando vimos o Santiago com todo o seu charme a deixar a minha filha derretida.... na verdade até eu me derreti com aquele ar doce... O João está a passar todas as dicas de sedução que sabe ao filho, daqui a uns tempos é só miúdas a baterem-lhes à porta.
Ao fim de uma hora e pouco, já havia abracinhos e beijinhos, brincavam juntos, saltaram na caminha, arrastaram os peluches todos para cima da cama da Nônô, brincaram com a bola e com a cozinha de brincar.
Brincaram, brincaram e brincaram.
No final, depois de se irem embora, a Leonor ficou a chamar pelo "Tiago", e ainda hoje tornou a chamar por ele, acho que já tem saudades.
Que me dizes Inês?

Já agora, se ainda não conhecem  o blog da Inês, ou o canal do facebook aqui ficam os links... Ela tem jeito para a coisa! =)

Blog - Detalhes Ines Leal

Canal - Youtube 





Um beijinho

Mamã da Nônô

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Detesto ouvi-la dizer "tchau mamã"

De manhã, sempre por volta das 08h acordo a Nônô.
Mal se põe em pé na caminha dá-me um enorme abraço, e pede para a levar para a nossa cama.
É na nossa cama que a visto e que a penteio enquanto ela vê todas as santas manhãs a Xana Toc Toc.
Levo-a a fazer o xixizinho antes de sair de casa, para o pai a levar ao transporte do infantário.
Depois de despachada, xixi feito, chucha na boca, minnie na mão, mochila ás costas do papá, o pai abre a porta de casa e ela diz "tchau mamã", sem olhar para trás.
Detesto ouvi-la dizer aquele "tchau mamã". 
É bom, eu sei!
É sinal que gosta de ir para o infantário.
Mas não era suposto fazer birra?
Não era suposto querer ficar aqui comigo?
Daqui a pouco vou buscá-la, e sabem que mais? 
Tenho a certeza que não vai querer largar a brincadeira.







Um beijinho

Mamã da Nônô

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Eliminar nódoas de sangue

Apesar de não nos sujarmos com sangue a toda a hora, é sempre bom estarmos a par de umas dicas para remover este tipo de nódoas.
Deixo-vos 5 dicas:

Coca-Cola: Se acabou de se sujar com sangue e não está em casa, compre uma coca-cola, coloque um pouco sobre a mancha e tchanam, a mancha desaparece;

Água Salgada: Se o sangue já está seco, coloque numa bacia água fria e sal, e ponha a peça de roupa de molho durante três ou quatro horas, no final esfregue com um pouco de detergente e a nódoa irá sair;

Vinagre branco: Se a nódoa ainda não estiver seca, aplicar vinagre branco e deixar atuar cinco a dez minutos, para finalizar, esfregue a nódoa com um pano;

Água Oxigenada: Aplique directamente em cima da nódoa (enquanto estiver fresca) e vai ver a nódoa a desaparecer no momento;

Amido de milho: Coloque a farinha e água numa taça, com quantidades suficientes de modo a criar uma pasta, coloque essa pasta em cima da nódoa e deixe secar, assim que estiver seca retire. Se a nódoa não tiver saído na totalidade, repita o processo.


E vocês, conhecem mais alguma maneira de remover nódoas de sangue?


Fica a dica,
Mamã da Nônô

Amizade aos 2 anos!


Se é possível uma criança de 2 anos ter amigos?
Claro que sim, à maneira delas sim! Tal como nós adultos, elas também criam afinidades e desenvolvem laços.

A Leonor, depois do infantário vem para casa sempre bem disposta, é normal, passou o dia junto dos amiguinhos na brincadeira. 
Diz que gosta do A, do B e do C, diz os nomes dos meninos todos da salinha e até de outras salas, diz que gosta das educadoras e das auxiliares, tem fases que durante o fim-de-semana no meio da brincadeira pergunta por uns quantos amigos e lá lhe explico que eles estão com os papás.
Pergunta pela "prima" Lo, que lá vê de tempos em tempos, mas de quem sabemos que gosta muito.
Para além dos meninos e meninas do infantário, como é de esperar, a Leonor vai também conhecendo filhos de amigas minhas e amigos do Artur. 
É tão bom ver que desde pequenina vai criando estes laços.

A Lara, também é uma das meninas por quem a Leonor está sempre sempre a perguntar.
Não se largam estas duas, e só se conhecem à um ano.


A Leonor e a Lara no infantário - foto autorizada pela mãe da  Lara

Quando pensei em mudar a Leonor do infantário, pensei que ela ia sentir falta dos amiguinhos, e houve quem me dissesse, que com esta idade eles não "notam isso"! 
É claro que notam, e ainda bem que não o fiz. E que estas amizades durem para sempre!
E os vossos pequeninos? Também já vão tendo os amiguinhos deles?

Um beijinho
Mamã da Nônô

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A estação do aconchego

Hoje começou a minha estação do ano preferida.
Para mim é a estação do ano que traz ao de cima o meu lado mais romântico.
Começou a altura de passar noites no sofá, tapadinha com mantas bem fofinhas, ao lado do Artur, a beber um chá quente, ou um café com leite e a ver um filme.
É a altura de sentir o cheirinho a terra molhada enquanto passeamos pela rua.
É a altura de sentir o cheirinho a castanhas assadas  em quase todas as esquinas que viramos.
É ver o chão repleto de folhas amarelos, vermelhas ou castanhas.
É a altura de vestir roupas mais quentes.
É a estação do conforto e do aconchego.
Bem, agora vou forçar um pouco a chegada do Outono e vou deitar-me no sofá, com uma mantinha a ver televisão.
E vocês?
Gostam do Outono?
Que actividades costumam fazer em família nesta altura do ano?

P.S. - Sê bem vindo Outono!



Um beijinho

Mamã da Nônô

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Preparar a casa para a chegada do Outono


A meu ver o Outono é uma estação repleta de charme. 
As cores desta estação são quentes e vibrantes, desde o azul do céu pela manhã, ao céu alaranjado ao final do dia passando pelos tons amarelos e castanhos das folhas das árvores que irão teimar em cair.

Com o Outono à porta, os dias ficam mais curtos e mais frescos, consequentemente, a casa precisa tornar-se mais acolhedora e quente.
Está na altura de "vestirmos"  a nossa casa, os cortinados mais grossos e os tapetes, trazem uma sensação de aconchego. 
Na sala, as mantas por cima do sofá, são convidativas e aquecem-nos na medida necessária e acabam sempre por dar um toque diferente ao ambiente.
A iluminação é também super importante, os dias vão tendo menos claridade, e é importante garantirmos que temos luz suficiente, criem vários focos de luz, um candeeiro aceso numa mesinha na sala, uma vela ou duas numa prateleira ou noutra, assim irão conseguir um ambiente relaxante e super acolhedor.

Não se esqueçam de optar por lâmpadas económicas na vossa casa, esta é a altura do ano em que gastamos mais luz, e as lâmpadas económicas (LED) são uma excelente opção para a conta da luz não disparar.

Adoro o Outono.
E vocês?




Fica a dica,

Mamã da Nônô

Atrás de um blog, também está uma dona de casa com cabelos em pé

Adorava poder dizer-vos a todos que a minha casa é o sítio mais arrumado, organizado e perfumado que poderiam conhecer.
Na realidade há dias assim, mas, são mais os dias que está tudo virado de pernas para o ar.
Trabalho por turnos, o tempo que estou em casa uso-o para tratar da Leonor, preparar algumas refeições, arrumar a casa e tratar da roupa.

Não é fácil!

Há dias que só apetece chegar a casa e jogar-me para cima do sofá, agarrada ao computador, a escrever para vocês, ou apenas a ver um pouco de tv. E se o faço? Claro que sim!
Mas depois, acordo no dia a seguir com a minha casa como se tivesse cá passado um tufão.
Ontem senti-me de rastos, super cansada e com uma dor de dentes e de cabeça que em nada ajudou.
Saí do trabalho e deitei-me, dormi grande parte da tarde, enquanto o Artur tratou da Leonor, hoje felizmente estou de folga...mas, acho que preferia não estar.
Este é o estado da minha casa neste preciso momento...

O quarto da Leonor fica assim todas as manhãs, mas normalmente mal ela vai para o infantário trato de o deixar arrumado. Hoje não foi o caso, estou de ronha e sem vontade de fazer seja aquilo que for.


O meu quarto é a zona catastrófica 2, é onde normalmente visto a Leonor quando vai para o infantário, que por sua vez acordou hoje com energia suficiente para o virar do avesso. Logo pela manhã, canetas de pintar e brinquedos por todo o lado. 


A varanda (que dá para ver um pouquinho na foto) tem roupa a chamar por mim, para eu a tirar do estendal.


E a sala, pois a sala é onde estou agora, escarrapachada no sofá a escrever para vocês, não faltam canetas, cadernos, agendas e computador.
Parece que está mesmo na hora de pôr mãos à obra, senão o dia passa e fica tudo na mesma.



Quem mais como eu está sem vontade de tratar da casa hoje?
Vá, vocês conseguem! Acreditem!

Beijinho

Mamã da Nônô




domingo, 17 de setembro de 2017

Agora é mais fácil fazer...arroz doce com leite condensado

Cá por casa somos loucos por arroz doce e o da Bimby é mesmo muito bom, mas eu faço uma pequena alteração na receita do livro abc.
Com esta alteração fica sim mais doce, mas também muito mais cremoso.
Em vez de açúcar, coloco leite condensado.
É DIVINAL!

Ingrediente

  • 1000g de Leite Meio Gordo (ou Gordo)
  • 160g de Arroz Carolino
  • 3 tiras da casca do limão (só parte amarela)
  • 1pau de canela
  • 1 pitada de sal
  • 1 lata de leite condensado
  • 4 gemas de ovo
  • Canela em pó


Preparação

  1. Coloque no copo o leite, o arroz, as tiras de limão, o pau de canela e uma pitada de sal;
  2. Programe 15Min / 90ºC / Inversa / Velocidade Colher;
  3. Envolva tudo com a espátula, programe mais 25Min / 90ºC / Inversa / Velocidade Colher;
  4. Numa taça coloque 4 gemas com 4 colheres do arroz doce, misture e coloque no copo;
  5. Adicione o Leite condensado
  6. Programe 10Min / 90º / Inversa / Vel 1
  7. Deite num recipiente e polvilhe com a canela em pó



Bom apetite
Mamã da Nônô

Despedida do verão

Este fim de semana, pareceu que o outono quis vir matar saudades.
Para bem dizer, faltam apenas 5 dias para a chegada oficial do Outono.
O sol e o calor de Agosto parecem querer dar tréguas.
Os dias já vão sendo mais curtos, e por volta das 20h já vai escurecendo.
A temperatura de um dia para o outro desceu!
Já vão sendo menos frequentes as tardes de esplanada a comer um delicioso gelado!
Em vez das roupas soltas e frescas, já vai apetecendo pôr um casaco fininho (de meia estação) tanto pelo princípio da manhã, como ao final da tarde.
Sem dúvida que sou das pessoas que gosto do aconchego das estações frias, delicio-me apenas com o estar em casa embrulhada nas mantinhas a ver tv.
Apesar de ainda faltarem algumas semanas (acho eu), cá por casa já vamos preparando a chegada do tempo frio, os agasalhos já vão estando mais à mão, assim como os chapéus de chuva, não vá o S. Pedro aprontar uma partida das dele.



Um beijinho

Mamã da Nônô