terça-feira, 22 de agosto de 2017

Como se fossem um só!

Não se largam por nada deste mundo.
Ela mal o vê, os olhos irradiam felicidade.
Assim que acorda chama por ele.
Ele é louco por ela.
Desde o primeiro segundo em que a viu.
Partilham abraços, gargalhadas, choros, risos, sorrisos.
Dançam, cantam, passeiam, correm, rebolam no chão.
Têm uma ligação e uma cumplicidade como nunca vi anteriormente.
Fico de coração a transbordar de amor, só de os ver juntos.
São amigos e confidentes.
São filha e pai!
São dois, mas vivem como se fossem um só!
AMO-VOS meus dois amores!








Um beijinho
Mamã da Nônô

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Os brinquedos não foram desarrumados

O papá teve estágio com a equipa este fim de semana, e como eu ia estar a trabalhar, a Leonor teve de ficar com a tia e a avó.
Sexta, sábado e domingo.
Sexta à noite mal cheguei a casa e vi os brinquedos todos no sítio, senti um enorme vazio.
Normalmente reclamo por vê-los espalhados por toda a casa, mas fiquei com a certeza que arrumados me fizeram sentir tão sozinha!
Desejei que estes dias passassem a voar tal como todos os outros em que estamos os três juntos, mas a verdade é que pareciam não ter fim.




Um beijinho
Mamã da Nônô

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Adeus fraldinhas!

É oficial, cá em casa estamos a trocar as fraldas pelas "quequinhas".
Estamos super entusiasmados com esta mudança e a torcer para que corra tudo bem.
Ela está a achar fantástico andar de quequinhas, como ela lhes chama, já andava farta das fraldas, sempre que podia tentava tirar.
Acho que lhe pergunto de 5 em 5 minutos se ela quer ir fazer chichi.
E quando faz algo no bacio fazemos uma mega festa para ela perceber que é assim que deve ser.
Vou-vos pondo a par do processo cá por casa.


Um beijinhos
Mamã da Nônô

5 formas de utilizar limão sem ser a cozinhar

O limão tem tantas utilidades, que achei interessante partilhar convosco algumas formas de o utilizar para além das formas básicas que já conhecemos na cozinha.



1-  Limpar janelas e espelhos - Coloque num borrifador água, e esprema um limão lá para dentro, borrife nos vidros e espelhos e limpe com jornais velhos, ficarão como novos.

2-  Tira Gorduras - É verdade! O limão é fantástico para eliminar as gorduras da cozinha. Pode utilizá-lo de duas formas. Corta um limão ao meio e esfregue com essa metade as superfícies que tem a limpar, ou, espreme um limão para dentro do seu habitual líquido tira gorduras. 
Vai notar uma boa diferença nos resultados.

3- Elimina maus odores - O Seu frigorífico costuma ganhar cheiros? Corte umas quantas tiras da casca de limão e coloque pelo frigorífico, vai eliminar os maus odores e vai deixar um cheirinho super fresquinho.

4- Dê brilho ao Aço Inoxidável - Corte um limão ao meio, coloque-lhe sal por cima, esfregue as superfícies que tem de aço inoxidável com o limão e o sal, no final, retire com água morna e um pano seco.  Caso tenha superfícies de aço inoxidável muito sujas ou manchadas, deixe ficar a atuar por exemplo durante a noite, vai adorar os resultados.

5- Unhas bonitas - Se as suas unhas estão amareladas porque fuma, ou pelo excesso de uso de verniz, experimente a esfregá-las com limão. Vão ganhar uma cor natural e um ar super saudável.

Fica a dica!
Mamã da Nônô

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Um valente escaldão - Dicas

Ontem estava de folga e decidi ir até à praia com uma amiga.
Enquanto estava na praia, cheguei a dizer, "uma pessoa quando está de folga e vem até à praia, nem apanha tempo em condições para bronzear."
Pois é, pela boca morre o peixe, e eu que não senti o sol a queimar nadinha, apanhei um valente escaldão, apenas em 2H30 ou 3H no máximo que lá estive.

Tenham mesmo cuidado, por vezes não parece, mas o sol está mesmo muito forte, os níveis dos UV estão super elevados.

Aqui ficam algumas das coisas que fiz ontem, hoje e vou continuar a fazer nos próximos dias.
Não está mesmo fácil aliviar este desconforto.



BANHO FRESCO - Mesmo estando num local à sombra, vais sentir a pele super quente, portanto nada de banhos de água quente, a tua pele não vai aguentar! Um banho com água fria ou tépida, vai aliviar a sensação de calor que sentes na pele.

AFTER-SUN - Os after-suns são sempre uma excelente solução para suavizar uma pele escaldada, até porque a maioria destes produtos contem aloé vera.

BIAFINE - É um excelente S.O.S. que nos promove uma rápida sensação de frescura. (foi a minha salvação)

IBUPROFENO - Um escaldão não ataca apenas a superfície da pele, provoca também inflamações, tomar um anti-inflamatório vai ajudar a reduzir a inflamação, a vermelhidão, o desconforto e a dor. Deve-se tomar nas 48H seguintes ao dia em que se apanhou o escaldão.

ÁGUA - A nossa pele que fica super quente, vai fazer com que as nossas células se sintam como se estivessem no deserto, à que beber muita água para conseguir manter o corpo hidratado e para ajudar a que a temperatura corporal se mantenha baixa. ATENÇÃO aos sinais de desidratação, boca seca; sede; dor de cabeça; tonturas e sonolência.


Um beijinho
Mamã da Nônô

domingo, 6 de agosto de 2017

Toalhas com areia

Este fim-de-semana foi o nosso primeiro fim-de-semana de praia a sério.
Sim, moro no Algarve, e se há coisa que não falta aqui é calor.
Mas, há outra coisa que aqui não falta...trânsito muito trânsito para se chegar ás praias (atenção que não me estou a lamentar) e há poucos lugares para estacionar os carros.
Como já seria de esperar, fomos ao final da tarde com a Leonor até à praia e felizmente tínhamos um lugarinho milagrosamente à nossa espera.
A última vez que tínhamos feito um dia de praia com a Leonor, tinha sido o verão passado, em que ela ainda não andava, ou seja, era mega fácil. 
Púnhamos uma piscina com um pouquinho de água, e ali ficava ela sentada e entretida.
Agora tudo mudou.
Eu adoro ir à praia e ficar escarrapachada tipo frango no churrasco, ora vira para um lado, ora vira para o outro para ir bronzeando de igual modo dos dois lados, ir à água? Eu?
É quase impossível para mim...só se estiver um autentico caldinho, coisa rara de acontecer.
E a areia? eu odeioooooo areia! 
Aliás...odiava!
Tudo mudou!

Areia é coisa que não faltou na minha toalha!
Apanhar sol tipo frango no churrasco, só se for durante as 1265 vezes em que tive de sacudir as toalhas dos três. (confesso que o Artur ainda a tentou entreter para eu apanhar um pouco de sol, devo ter conseguido uns 5 ou 10minutinhos)
E a água... eu bem que queria fugir dela, mas as brincadeiras perto da beira-mar fazem com que não seja assim tão fácil.


Percebe-se que tudo isto até sabe bem, quando queremos vir embora para casa e ela só quer ficar na praia.
Perguntei-lhe, Nônô gostas da praia? a resposta foi "Gosto".
Planos para as próximas folgas... Praia!












Um beijinho
Mamã da Nônô

segunda-feira, 31 de julho de 2017

11 meses depois

Passaram-se quase 11 meses desde o 1º dia que levei a Leonor ao infantário.
Quase 11 meses de uma noite sem pregar olho e de um aperto enorme no coração.
Tinha várias pessoas a dizerem-me para não levar a Leonor para o infantário, que a minha mãe podia continuar a tomar conta dela. Mas eu acreditava que era o melhor para ela, acreditava que a Leonor precisava de conviver com outros adultos e com outras crianças.
Custou-me tanto fazer-me de forte em frente a todos, apenas para não dar o braço a torcer e para transmitir a imagem de "sei o que estou a fazer."
Lembro-me como se tivesse sido hoje, o dia em que entreguei a Nônô à T. e à D., enquanto os meus olhos estavam carregados de lágrimas. 
Lembro-me da T. me chamar à parte para falar comigo e eu simplesmente não conseguir falar, as lágrimas escorriam cara a baixo, e tinha um nó na garganta que me cortava a voz.
Tive medo, tive tanto mas tanto medo.
Confiei a minha filha a uma equipa que não conhecia.
Mas tinha que ser capaz de o fazer!
O tempo foi passando e fui confiando todos os dias um pouquinho mais em ambas.
A Leonor deixou de chorar quando chegava ao infantário, e acho que foi isso que me deu aquele "OK, ela gosta de aqui estar, podes confiar Ivânia!"

Ela desenvolveu tanto e tão rapidamente.
Deu o dito esticão, e sempre debaixo do vosso olho T. e D.
Desde o simples pôr em pé, ao andar.
Desde o produzir sons, ás primeiras palavras.
Desde as primeiras palavras ao cantar.

Aprendeu tantas coisas, tantos nomes de animais, sons, objectos, músicas, os números...
Tenho guardado todos os trabalhinhos que tanto me carregam os olhos de lágrimas só de olhar para eles.
T. e D., convosco cresceu uma bebé, e convosco cresceu também uma mãe! 
Obrigada por todas as festas, obrigada por todos os trabalhinhos feitos com tanto amor, obrigada por darem tanto de vós para receberem em troca os sorrisos mais doces e sinceros do Mundo, os sorrisos dos vossos meninos.

Hoje a Leonor é uma criança tão mais sociável e só vos posso agradecer a vocês, foram e são incansáveis. Gostava de vos poder agradecer de outra forma, mas só consigo agradecer assim...
OBRIGADA! OBRIGADA POR FAZEREM A MINHA FILHA CRESCER E SORRIR DIA APÓS DIA!











Um beijinho enorme, carregado de gratidão, e com mais uma lágrima no canto do olho enquanto escrevo.

Mamã da Nônô


P.S. - Hoje, quase 11 meses depois digo a todas as mães que vão passar pela primeira vez pelo que eu passei em Setembro do ano passado....
custa muito, muito mesmo...mas vale tanto mas tanto a pena.

Um blog em "papel"

Com este novo trabalho, tenho tido muito menos tempo para vos escrever, e dou por mim várias vezes ao longo do dia, a ter ideias ou a lembrar-me de assuntos interessantes para partilhar connvosco.
Mas, na verdade, quando chego a casa ao final do dia, as ideias já me fugiram da cabeça ou quando ainda cá estão acabo por não ter tempo para as escrever.

Ontem, na minha hora de almoço entrei na loja ALE-HOP, e vi uns blocos de notas tão giros a 4€, que não resisti e comprei um (podem ver na imagem do post).
E lembrei-me em utiliza-lo  para escrever durante as minhas pausas, os posts que quero partilhar connvosco.


Assim, quando surge tempo em casa, é só passar para o blog aquilo que já está escrito.
Espero deste modo tornar a estar mais presente no blog.





Um beijinho enorme a todas(os) que me acompanham.

Mamã da Nônô

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Dia dos avós!

Hoje como todos ja sabem é dia dos avós.
A Leonor tem a sorte de ter avós completamente babados a quererem acompanhar cada etapa do seu desenvolvimento.
Hoje mais uma vez no infantario da Leonor foi dia de festinha. Planearam um momento entre avós e netos.
Os avós ouviram uma musiquinha que foi feita para eles  e depois foi tempo de um pequeno lanche.
Ter avós é ter o melhor do Mundo não é?






Um beijinho

Mamã da Nonô

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Uma quase folga

Com o novo trabalho as rotinas cá por casa também se vão adaptando a esta nova realidade.
Hoje fui eu que levei a Leonor ao infantário, não havia necessidade de a fazer acordar tão cedo se eu estou em casa. 
(sim, estou em casa e a minha filha foi para o infantário, tudo tem o seu porquê

Aproveitei a manhã para passear com uma amiga e por a conversa em dia, enquanto comíamos um mega crepe de chocolate e morangos, haveria melhor forma de começar o dia? Claro que não.



Mas, agora vou desfrutar do resto da minha quase folga...
E quase porquê?

Cozinha por limpar;
Sala com brinquedos da Leonor;
Quarto para arrumar;
Roupa para guardar;
Quarto da Nônô por limpar;
Ir ao supermercado;
Refeições por fazer;

A lista parece não ter fim!
Isto de ser mãe, mulher, dona de casa e trabalhadora não é fácil de gerir, mas hoje tem que ficar tudo impecável, para amanhã poder descansar a sério no meu segundo dia de folga.



Bem, chega de ronha... lá vou eu arregaçar mangas.

Um beijinho
Mamã da Nônô

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Desilusões

Hoje este post é como que um reflexão pessoal que decidi partilhar convosco.
Vou falar como Ivânia, pondo um pouco de lado o tema da maternidade e do dia a dia do blogue.
Olho para trás e vejo que são poucas as amizades que trago de pequena para os dias de hoje.
Umas amizades acabaram porque nunca mais nos vimos e perdemos contacto, outras porque a vida nos separou, outras porque simplesmente não tinham que se dar, e outras acabaram por desilusões.

Não, não pensem que vou apontar o dedo apenas aos outros.
Fiquei no meu cantinho a pensar, e fiz duas perguntas a mim mesma.
Quantas vezes já me desiludira?
Quantas vezes já desiludi alguém?

Eu confesso que confio demais nas pessoas, e por vezes falo sem pensar nas consequências do que aquilo que posso ter dito podem trazer, ou por vezes comento algo com um intuito, mas alguém ouve e interpreta com outro.
Tenho fases em que gostava começar do zero, conhecer pessoas novas e corrigir em mim, o que tenho a perfeita consciência que tenho de mudar.

Dizem-me vezes sem conta, que o que conta é estarmos bem na nossa casa e com os nossos, e é verdade que isso é o mais importante, mas ninguém é feliz fechado dentro de 4 paredes.
Felizmente tenho um Homem fantástico a meu lado e uma filha que me transborda o coração.
Que venham novos tempos, novas vontades.

E vocês? Já fizeram alguma reflexão assim, dos dissabores da vida?



Um beijinho
Mamã da Nônô

domingo, 16 de julho de 2017

Usufruir do tempo

Sempre achei que sabia desfrutar do tempo em família da melhor maneira.
Hoje em dia sei que não!
Como vos falei no post anterior, mudei de trabalho, deixei de ter um horário certinho e passei a ter um horário rotativo, tal como as folgas.
Em apenas 3 dias já consegui perceber que desperdiçava tanto tempo que poderia ser gasto de forma diferente.
Quantas vezes me sentei no sofá ao lado do Artur, eu a mexer no telemóvel e ele a ver tv? Passávamos tempos sem fim assim, estávamos ali um ao lado do outro, mas era como se não estivéssemos.
Nestes primeiros dias deste novo trabalho, mal chego a casa só quero estar agarrada à Leonor e ao Artur. Brincar o máximo de tempo que posso com ela, e ficar o tempo todo a falar com ele sobre tudo, até os olhos não aguentarem mais e mandarem-me para a cama.
Acho que o facto de não ter uma rotina propriamente dita neste momento, me faz aproveitar melhor estes pequenos momentos a 3.

Aproveitem o tempo que estão junto da vossa família, afinal, o tempo não volta atrás!





Um beijinho

Mamã da Nônô

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Consegui decidir...

Depois de bem pensar...
Lembram-se de ter falado convosco no post Razão ou Emoção, que se iriam avizinhar mudanças na minha vida?

Pois é, eu que sou a pessoa mais indecisa que alguém pode conhecer, consegui decidir-me, e decidi mudar. 
Decidi mudar de ares, mudar as rotinas e voltar para onde já tinha trabalhado um dia.

Agarrei uma oportunidade que me foi dada, e cá estou eu pronta para o que der e vier.


Se tenho medo? Nem vos consigo dizer o quanto.
Estou fora da minha bolha de segurança, mas, ao mesmo tempo irei fazer algo que gosto.

Só o tempo me dirá se foi ou não uma boa escolha...

Arrisquem! Nunca se arrependam daquilo que não fizeram!



Beijinho

Mamã da Nônô


terça-feira, 11 de julho de 2017

Vamos irradiar saúde

Sou da opinião que não é por sermos mães que podemos descuidar-nos com a nossa imagem.
É verdade sim, que tenho dias que não faço nadica de nada por mim, mas também é verdade que me sinto logo diferente quando coloco uma simples maquilhagem logo pela manhã.
E agora vocês dizem-me...é impossível com a correria da manhã, ter de vestir os filhotes, dar o pequeno almoço, despacharmo-nos a nós mesmas, levar os pequenos ao infantário ou à escola, e ir a correr para o trabalho...

STOP!

Mamãs...eu garanto-vos que sou a pior maquilhadora que existe, não tenho jeitinho nenhum, vá...quase nenhum, mas em 5 minutinhos consigo aparentar saúde, sim porque eu sem maquilhagem sou pálida, assim para o lado do amarelo, como se estivesse doente.

Só preciso de:

- Pré base - aplico em todo o rosto, apenas para "camuflar" os poros e uniformizar o tom da pele;

- Pérolas bronzeadoras  - estas são as minhas verdadeiras aliadas que me fazem irradiar saúde;

- Rimel - faz toda a diferença no olhar;

- Batom - Desde o simples uso de um gloss, a um batom colorido, ajuda sempre a compor a maquilhagem;

Estes são os produtos que eu uso e adoro!


4 produtos, 5minutos e estamos prontas!

Mamã da Nônô

Felicidade

Não sei se é do vento que lhe bate na cara, se é do simples baloiçar, sei que ela adora ir ao parque andar no baloiço, quer mais e mais, até ficar exausta.
Entre baloiços e escorregas, solta as gargalhadas mais estridentes e oferece-nos o seu maior e mais lindo sorriso.
Ela é feliz com as coisas mais simples que podemos imaginar.






Beijinhos
Mama da Nônô

sexta-feira, 7 de julho de 2017

A mãe acha que é costureira

Mal soube o fato que teria de fazer para a festinha final de ano da Leonor entrei em stress.
Eu sou um zero em costura, esqueçam, não sou mesmo nada prendada nessa área.
Agora digam-me...como vou fazer um fato de lagartinha?
Comprei os tecidos e olhei para eles tempos sem fim para ver se arranjava a maneira mais fácil para fazer o fato.
Liguei para 3 ou 4 pessoas e ouvi as suas ideias, procurei ideias também pela internet.
 
Joguei mãos à obra.
Agarrei num vestido da Leonor, e contornei com uma caneta em cima do tecido duas vezes, uma para fazer a parte da frente, outra para a parte de trás.

Colei com cola quente, e para completar dei uns "pontinhos" com a linha. Ideia da prima Bela.
 
 
 
Agarrei numa fita, num tom mais claro e colei três tiras à volta do vestido.
 
 
A cabeça, fiz com um chapéu vermelho, duas bolas verdes do tecido do vestido e uns olhinhos de plástico que tinha cá por casa (tudo colado com cola quente).
 
 
Por fim as patas...usei meias pretas e colei três de cada lado.
 
 
Fato concluído com sucesso!
E fiz uma nova descoberta...para desajeitadas na costura como eu, basta ter cola quente à mão.
 
Venha de lá a festa!

Um beijinho
Mamã da Ñônô
 
 

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Cuidado com o que dizes mamã!

A Leonor já diz tanta coisa, e já imita tudo o que nós dizemos (ou tenta imitar).
Tenho tido ou tenho tentado ter atenção ao meu vocabulário perto dela, não é que ande propriamente sempre a dizer "alhos e bugalhos", mas de vez em quando lá foge uma palavra menos bonita.
Esta manhã, quando pus a Leonor na cama para a vestir, ela no meio da brincadeira, deu um salto e lá bateu com a cabeça na parede, saiu-me um instantâneo "Caraçaaaas!"
A Leonor jogou a mão à cabeça e disse "açaaaaas!", foi tão engraçado aquele gesto que fez com a mão na cabeça, seguido daquele "açaaaas" tão sentido, não me consegui controlar, ri tanto mas tanto!
Eu e o Artur, parecíamos dois idiotas de tanto rir.
Ela lá repetiu mais duas ou três vezes a palavra e esqueceu, assim espero! Apesar de não ser  nada de mal, já estou a imaginar a Leonor a magoar-se no infantário e começar a dizer "açaaaas".
Está mesmo na hora de termos atenção ao que dizemos perto dela.

 
Um beijinho
Mamã da Nônô

terça-feira, 4 de julho de 2017

Faça o seu ambientador!

Ambientador de varetas
 
É o sistema de ambientador que eu prefiro utilizar em casa, visto que propaga suavemente o aroma pela divisão onde se encontra.
 
Hoje vou dizer-vos como fazer este tipo de ambientador.
 
Material:
  • 1 Frasquinho de vidro ao vosso gosto
  • Pauzinhos de madeira
  • 70ml de um óleo neutro, como por exemplo óleo de amêndoas doces
  • 30gotas de 1 óleo com uma essência à escolha
 
Procedimento
  • 1º Coloca-se o óleo neutro no frasco;
  • 2º Adicionam-se as gotas do óleo com a essência que escolheram
  • 3º Agita-se bem, para ficar tudo bem incorporado;
  • 4º Colocam-se os pauzinhos dentro do frasco;
  • 5º Disfruta-se do fantástico aroma!
Não se esqueçam de ir virando os pauzinhos uma vez por semana, para conseguirem que a divisão esteja sempre cheirosa!
 


Fica a dica!
Mamã da Nônô

sábado, 1 de julho de 2017

Dia de festa

Hoje foi dia de festa.
A pequena M. comemorou 6aninhos, já está tão crescida! 
Lembro-me como se tivesse sido ontem, de ve-la tão pequenina, com uns lindos olhos azuis e um cabelo loiro tão macio!
O tempo teima em passar à velocidade da luz! 
Depois de ter andado afastada da pequena M. devido às circunstâncias da vida, senti-me feliz por poder ter estado presente com a Nônô a comemorar este aniversário.

Bem, eu quis ajudar no que pude, mas a mãe da M. é super despachada e tinha tudo mais que controlado, por isso, combinámos que eu faria uma tortinha de laranja.
Então e não é verdade que até me safo bem com as tortas de laranja? (Não queria dizer, mas a verdade é que a minha grande aliada é a bimby)... dizem que o segredo é a alma do negócio, mas o meu é este, e já está escarrapachado!

Quando chegámos à festa, a Leonor lá estava cheia de vergonha, nem queria sair do colo, com o passar do tempo, lá quis ir para o chão e para a piscina de bolas, onde acabou por soltar umas valentes gargalhadas.

Hoje o meu dia não começou da melhor maneira, mas tenho aprendido a tirar o melhor de todos os dias, e a ser uma pessoa mais positiva, e sem dúvida que o melhor do meu dia de hoje, foi ver a Leonor feliz, só isso fez tudo o resto valer a pena.

O dia passou a voar. 
Acabámos por já não sair de casa.
A Nônô está exausta e eu exausta estou!

Desejamos-te as maiores felicidades do MUNDO M.!
Boa noite!







Um beijinho

Mamã da Nônô!